Encontro digital, conversa virtual:

Eu escrevo, recebo mensagem, número de telefone;

Ligo, ouço a voz e gosto do que ouço...

Papo rápido transformado em papo longo!

Política, praia, polícia, pensamento feminino,

Pormenores, preparação, provocações...

Deliciosas...

Papo longo que se transformou

Em papo com luz apagada!

E aí..

E aí foi delícia, deleite, gostosuras sussurradas,

Palavras certas ditas por bocas inexatas,

Fragmentos do ócio, vício e cio...

Uma vez, duas vezes, trés vezes... (nossa!).

Cheiros se desprendem, tomam conta do ambiente,

O desejo aparece, acontece, rejuvenesce!

Dormir depois? Só bem depois...

Depois de desejar, relembrar, e irresistivelmente,

Ansiar para encontrar...

Quando será?

 

                                                                  Por Cristina Ribeiro

                              Mid: João Bosco (Sinceridade)                                             

     Sampa,  agosto de 2001.





 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe Twitter Compartilhe Google +
MENSAGENS MIDI FONADA - TRADUÇÃO - POEMA - MIDI - BACKGROUND - PLACIDOHOMES